21°
Máx
17°
Min

Começa reunião de análise de mercado do Copom

Começou às 10h09 a reunião de Análise de Mercado do Comitê de Política Monetária (Copom). Na tarde desta terça-feira, 18, o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, e os diretores da instituição ainda participam da reunião de Análise de Conjuntura, também no âmbito do Copom.

Na quarta, eles têm mais uma rodada de discussões antes de decidir sobre o novo patamar da Selic (a taxa básica de juros), atualmente em 14,25% ao ano. De um total de 70 instituições consultadas pelo Projeções Broadcast, 36 esperam corte de 0,25 ponto porcentual da Selic e 32 aguardam por diminuição de 0,50 ponto porcentual. Apenas uma instituição projeta corte de 0,75 ponto porcentual, enquanto outra espera manutenção da taxa básica.

Se o corte da Selic for confirmado - seja ele de 0,25 ou 0,50 ponto porcentual, como espera a maioria dos analistas -, esta será a primeira vez em quatro anos que o Banco Central reduz a taxa básica. Além disso, desde julho do ano passado ela está estacionada nos 14,25% ao ano.

Em suas comunicações mais recentes, o BC condicionou o início do ciclo de cortes da Selic a três fatores principais: queda da inflação de alimentos, recuo da inflação de serviços e avanço dos ajustes fiscais. Na visão de boa parte do mercado, estes três itens apresentam situação melhor agora, na comparação com o encontro anterior do Copom, no fim de agosto. Daí o espaço para um novo ciclo.