28°
Máx
17°
Min

Confiança do Comércio avança 1,5% em setembro ante agosto, diz CNC

Os comerciantes ficaram mais otimistas em setembro. O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) avançou 1,5% em relação a agosto, para 93,5 pontos, informou a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Na comparação com setembro do ano passado, a alta foi de 14,8%. Todos os componentes que integram o índice apresentaram melhora nas duas bases de comparação. O resultado, porém, ainda permanece abaixo da zona de indiferença, de 100 pontos, ponderou a CNC.

"Ainda não é possível afirmar que a recuperação do comércio ocorrerá em breve. O ritmo da queda nas vendas vem diminuindo, mas ainda não indica um aquecimento do varejo. As condições do mercado de trabalho e o crédito caro ainda são um entrave para a retomada do consumo e consequentemente das vendas", avaliou a economista Izis Ferreira, da CNC, em nota oficial.

A percepção sobre as Condições Atuais alcançou 53,2 pontos em setembro, uma elevação de 25,4% em relação ao mesmo mês de 2015 e aumento de 6,3% ante agosto.

O componente que mede as Intenções de Investimento registrou 83,4 pontos, um aumento de 0,5% ante agosto e avanço de 3,9% ante setembro do ano passado.

O único componente do Icec acima da zona de indiferença é o que mede as Expectativas, que chegou a 144 pontos em setembro, com alta de 1% ante agosto e um salto de 18,3% em relação a setembro de 2015.