22°
Máx
14°
Min

Confiança dos Serviços sobe 1,8 ponto em setembro ante agosto, diz FGV

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) avançou 1,8 ponto na passagem de agosto para setembro, na série com ajuste sazonal, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador saiu de 78,8 pontos para 80,6 pontos no período. O índice registrou a sétima alta consecutiva, alcançando o maior patamar desde fevereiro do ano passado, quando estava em 81,3 pontos.

"O resultado de setembro reproduziu o padrão esboçado nos meses anteriores: uma diminuição contínua e persistente do pessimismo em relação aos meses seguintes, associada à relativa estabilidade das avaliações sobre a situação corrente. Este quadro, que combina expectativas empresariais em ascensão e uma evolução mais gradual da satisfação em relação ao momento presente, aponta para a atenuação das taxas negativas de crescimento, abrindo a possibilidade para uma retomada do crescimento do nível de atividade do setor nos próximos trimestres", avaliou Silvio Sales, consultor do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV), em nota oficial.

Em setembro, oito das 13 atividades pesquisadas registraram alta da confiança. O Índice de Situação Atual (ISA-S) caiu 0,1 ponto, para 70,8 pontos, enquanto o Índice de Expectativas (IE-S) avançou 3,9 pontos, alcançando 91,0 pontos.

Como consequência, a diferença entre os dois índices alcançou novo recorde: 20,2 pontos.

A coleta de dados para a edição de setembro da sondagem foi realizada entre os dias 2 e 27 deste mês.