26°
Máx
19°
Min

Conselho do PDG aprova segunda emissão de debêntures de até R$ 50 milhões

O Conselho de Administração da PDG Realty aprovou ontem uma segunda emissão de debêntures privada no valor de até R$ 50 milhões, dividida em duas séries. A operação faz parte de um memorando de entendimentos firmado em maio deste ano com Banco do Brasil, Bradesco, Caixa e Itaú Unibanco para reestruturação das dívidas da companhia. Esse acordo envolve financiamento de despesas gerais e administrativas da empresa e uma das condições era a participação da gestora de fundos Vinci Partners, maior acionista da PDG, como financiadora. Outra emissão semelhante, no mesmo valor, já havia sido aprovada pelo Conselho da companhia há cerca de um mês, em 8 de junho.

Conforme fato relevante publicado pela PDG, as debêntures da primeira série deverão ser subscritas e integralizadas, em uma ou mais parcelas, nos próximos 30 dias contados de ontem (1º de julho), observadas as condições acordadas entre as partes no memorando firmado em maio. Já para as debêntures da segunda série, o prazo para subscrição, também em uma ou mais parcelas, é até 1º de julho de 2017.