22°
Máx
14°
Min

Contraf:Bancários de SP aceitam proposta e encerram greve no BB e bancos privados

Após 31 dias de agências fechadas, a greve nos bancos privados e no Banco do Brasil (BB) chegou ao fim hoje em São Paulo, após os bancários aceitarem proposta da bancada patronal que concede reajuste salarial de 8% neste ano. Na Caixa Econômica Federal, a proposta, que ainda inclui o pagamento de abono salarial de R$ 3,5 mil, foi recusada e a greve continua em São Paulo, conforme informação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf).

Nas demais bases do País, a oferta feita pela Fenaban, entidade que representa os bancos, está sendo votada em assembleias dos bancários. Além do reajuste deste ano, os bancos fixaram para 2017 um aumento nos vencimentos de 1% acima da inflação.

O acordo ficou acima do reajuste de 6,5%, mais abono de R$ 3 mil, oferecido inicialmente pelos bancos, mas não chegou ao aumento de quase 15% reivindicado pela categoria no início da greve.