21°
Máx
17°
Min

CPI dos EUA fica estável em julho ante junho, como o previsto

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos ficou estável em julho ante o mês anterior, interrompendo a sequência de quatro altas seguidas do indicador. A estabilidade mostra que a queda nos custos da gasolina compensaram os ganhos em outros setores, um sinal de que as pressões inflacionárias na economia continuam modestas. O avanço veio em linha com a previsão dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal.

O núcleo do CPI, que exclui categorias voláteis como alimentos e energia, subiu 0,1% em julho ante o mês anterior, no quarto avanço nesse patamar consecutivo. O dado, porém, ficou abaixo da estimativa, de +0,2%.

O índice cheio do CPI subiu 0,2% tanto em maio quanto em junho. Em julho, o avanço nos preços foi desigual: os de energia tiveram crescimento de 1,6%, conduzidos por uma queda de 4,7% nos preços da gasolina, enquanto os preços de alimentos ficaram estáveis. Já os preços dos serviços de cuidados médicos aumentaram 0,5%.

O CPI subiu 0,8% em julho na comparação anual. Excluindo-se alimentos e energia, o avanço anual foi de 2,2% em julho. Fonte: Dow Jones Newswires.