23°
Máx
12°
Min

Crédito do BNDES a empresas cai 0,2% em julho ante junho, revela BC

Muito atrelados à variação cambial, os financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para empresas já mostram um recuo de 7,2% no acumulado deste ano na comparação com o mesmo período de 2015. Apenas em julho, a queda foi de 0,2 ponto porcentual na margem, somando um total de R$ 587,686 bilhões, conforme dados do Banco Central apresentados nesta quinta-feira, 25. Em 12 meses, a queda está em 4,5%.

Em julho, as linhas de capital de giro (R$ 15,724 bilhões) dispararam 28,8% na margem. De acordo com o BC, esta modalidade de crédito está altamente ligada ao nível de atividade da economia. No ano, a alta é de 12% e, em 12 meses, de 10,1%.

No financiamento ao investimento, no entanto houve recuo de 0,9% de junho para julho, para um total de R$ 559,166 bilhões e alta de 0,6% nas modalidades para o setor rural (R$ 12,796 bilhões) por parte do banco de desenvolvimento.

O crédito do BNDES para pessoas físicas, que reúne operações contratadas diretamente com o banco de fomento ou realizadas por outras instituições financeiras por meio de repasses, avançou 0,2% em julho, para R$ 47,147 bilhões. A alta em 12 meses está em 5,0%.