27°
Máx
13°
Min

Custo básico da construção sobe 0,22% em setembro, diz SindusCon-SP

O Custo Unitário Básico (CUB) da construção civil do Estado de São Paulo atingiu R$ 1.295,08 por metro quadrado em setembro, o equivalente a uma alta de 0,22% na comparação com agosto, de acordo com pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP).

No acumulado do ano, a elevação chegou a 5,53%, enquanto nos últimos 12 meses alcançou 5,71%.

O CUB é o índice oficial que reflete a variação dos custos mensais das construtoras para a utilização nos reajustes dos contratos de obras.

No mês de setembro, os custos da mão de obra (que representaram 61,28% do CUB) tiveram alta de 0,25% em relação a agosto. Essa alta reflete o acordo coletivo dos trabalhadores, em que o reajuste dos salários foi dividido em maio e setembro. O Sinduscon-SP acredita que, possivelmente, o indicador ainda sinta esse efeito em outubro. No ano, a alta foi de 8,44%.

Já os custos com materiais de construção (que representam 35,56% do CUB) subiram 0,16% em setembro. No ano, a alta foi de apenas 0,81%. Segundo o sindicato, o aumento dos insumos está muito abaixo da inflação devido à baixa atividade das construtoras e incorporadoras, o que dificulta a recomposição de preços pelos fornecedores.

Os custos administrativos (3,16% do indicador) avançaram 0,34% em setembro e 6,37% no ano.

Nas obras incluídas na desoneração da folha de pagamentos, houve alta de 0,21% no CUB na comparação com agosto, totalizando R$ 1.200,46 por metro quadrado. Em 12 meses, o indicador chegou a 5,48%.