24°
Máx
17°
Min

Custo de vida do curitibano acelera em junho

A síntese do comportamento dos grupos de despesas apresentou variação de 1,13% em Alimentos e Bebidas (Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil) - Custo de vida do curitibano acelera em junho
A síntese do comportamento dos grupos de despesas apresentou variação de 1,13% em Alimentos e Bebidas (Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil)

O Índice de Preços ao Consumidor de Curitiba fechou o mês de junho com aceleração de 0,28%, valor inferior ao resultado de maio (0,42%) e ligeiramente abaixo da taxa de junho do ano passado (0,29%). 

Destacam-se, nesse mês, os avanços nos itens dos grupos Alimentos e Bebidas e Transporte e as retrações em Despesas Pessoais e Vestuário. 

A síntese do comportamento dos grupos de despesas apresentou variação de 1,13% em Alimentos e Bebidas, catalisados pela entressafra na produção de leite e pela oferta de feijão no mercado, que repercutiu em alta também no feijão preto. O leite integral variou 15,58% e o desnatado 19,65%. O feijão-preto sofreu acréscimo de 17,58%. Outros produtos com aumento foram o pão francês, ovo de galinha e alface com variações de 2,90%, 16,44% e 21,42%, respectivamente. 

As interferências no grupo Transporte, que resultaram na variação de 0,48%, relacionam-se a alterações nos novos modelos de veículos e motos à disposição no mercado. Destacam-se as altas de 4,19% em motocicletas zero km, 14,44% em passagem aérea, 0,96% em automóvel nacional zero km e 0,35% em automóvel usado. 

Nos grupos que apresentaram queda nos preços foram observados menores valores nos pacotes turísticos nacionais (-10,80%) e nos pacotes turísticos internacionais (-6,85%), resultando na taxa de -0,97% em Despesas Pessoais. 

O declínio de -0,85% em Vestuário reflete preços menores em itens relacionados ao outono-inverno. Blusa feminina apresentou oscilação de -6,61%, terno -7,57%, agasalho masculino -6,19% e calça masculina -2,94%. 

Colaboração AENPr.