24°
Máx
17°
Min

Dado de emprego fraco traz bom humor e Bovespa renova máximas com NY

A Bovespa abriu em firme alta nesta sexta-feira, 2, e renovou máximas pouco após o início dos negócios em Wall Street. O motivo do bom humor nos mercados acionários no período da manhã é o relatório oficial de emprego dos Estados Unidos, o payroll, dado mais aguardado da semana.

O resultado de criação de vagas veio aquém do esperado e afastou as chances de o Federal Reserve elevar os juros em setembro, perspectiva que estimula as bolsas globais. Às 10h35, o Ibovespa avançava 1,19%, aos 58.926,55 pontos, enquanto em Nova York o Dow Jones subia 0,55%, o S&P 500 tinha valorização de 0,48% e o Nasdaq apresentava ganho de 0,42%.

Conforme informou mais cedo o Departamento do Trabalho, a economia norte-americana gerou 151 mil empregos em agosto, enquanto analistas previam aumento maior, de 180 mil postos. Além disso, a taxa de desemprego permaneceu em 4,9% em agosto, ante expectativa de que recuasse para 4,8%. Revisões mostraram que, em junho e julho, os empregadores criaram mil empregos a menos do que o estimado.

O ganho médio por hora para os trabalhadores do setor privado subiu US$ 0,03, ou 0,1%, na comparação entre agosto e o mês anterior, para US$ 25,73. Na comparação anual, os ganhos médios por hora tiveram alta de 2,4%, uma leve desaceleração ante o ganho anual do mês passado, mas bem acima da modesta inflação dos EUA neste momento.