28°
Máx
17°
Min

Déficit comercial cai a US$ 40,44 bilhões em março nos EUA

O déficit comercial dos Estados Unidos recuou para US$ 40,44 bilhões em março, de US$ 46,96 bilhões em fevereiro (dado revisado, de US$ 46,07 bilhões antes calculado), informou o Departamento do Comércio nesta quarta-feira. O déficit recuou, após ajustes sazonais, com as importações em baixa maior que as exportações, o que aponta para um crescimento modesto no país e também no exterior no início deste ano.

Economistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam déficit de US$ 41 bilhões em março.

A queda no déficit comercial foi de 13,9% em março ante fevereiro. As exportações de bens e serviços recuaram 0,9%, enquanto as importações tiveram queda de 3,6%.

Um déficit menor em março é uma notícia bem-vinda e pode apontar para um peso menor do dólar forte, porém o resultado também é uma mostra da demanda global fraca no primeiro trimestre. No período entre janeiro e março, as exportações dos EUA tiveram queda de 5,4% e as importações tiveram recuo de 4,5%.

Em março, as importações de bens e serviços estiveram no patamar mais baixo desde fevereiro de 2011, diante do recuo nos embarques de bens de consumo como brinquedos e têxteis, bem como da queda do petróleo. As importações da commodity em março estiveram no patamar mais baixo desde setembro de 2002. As exportações de alimentos, ração animal e bebidas ficaram no patamar mais baixo desde setembro de 2010.

O crescimento global fraco contém a demanda pelos produtos feitos nos EUA, enquanto a alta do dólar ante outras moedas torna as exportações do país mais caras e as importações mais baratas nos EUA. Mais recentemente, as moedas mudaram de direção, com o euro, o iene e outras mostrando mais força e dando algum alívio às empresas dos EUA. Fonte: Dow Jones Newswires.