22°
Máx
17°
Min

Déficit nominal do setor público soma R$ 53,403 bi em julho, diz BC

O setor público consolidado registrou um déficit nominal de R$ 53,403 bilhões em julho, informou o Banco Central. Em junho, o resultado foi deficitário em R$ 32,174 bilhões e, em julho de 2015, o resultado foi negativo em R$ 72,772 bilhões.

No mês passado, o governo central registrou déficit nominal de R$ 40,152 bilhões. Os governos regionais tiveram saldo negativo de R$ 12,098 bilhões, enquanto as empresas estatais registraram déficit nominal de R$ 1,153 bilhão.

Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), o déficit nominal de 2016 até julho foi de 7,05%, uma soma de R$ 250,491 bilhões. Já em 12 meses até o mês passado correspondeu a 9,58% do PIB, com um saldo negativo de R$ 581,108 bilhões.

Conta de juros

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel, destacou que o déficit nominal pior em julho, de R$ 53,403 bilhões, ante os R$ 32,174 bilhões de junho, deve-se principalmente à conta de juros. Isso porque, no período, o pagamento de juros subiu de R$ 22,113 bilhões, em junho, para R$ 40,587 bilhões, em julho.

Por sua vez, a elevação das despesas com juros está diretamente ligada aos resultados do Banco Central com suas posições em swaps cambiais. Tudo porque, ao contrário do que ocorreu em junho, quando houve lucro de R$ 22,737 bilhões, o BC registrou em julho prejuízo de R$ 1,777 bilhão (pelo conceito caixa) com suas posições em swaps cambiais.