20°
Máx
14°
Min

Desde Delfim, não havia equipe econômica tão alinhada, diz Moreira Franco

O secretário-executivo do Programa de Parcerias de Investimento (PPI), Moreira Franco (PMDB), afirmou nesta quarta-feira, 8, que a equipe econômica comandada pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, está empenhada em enfrentar os problemas macroeconômicos e que há uma mudança de atitude na Pasta "que não está querendo resolver os problemas pela fantasia e pelo discurso". "Desde a época do Delfim (Netto) não se tem uma equipe econômica tão alinhada do ponto de vista da teoria econômica", afirmou, em discurso durante reunião com empresários no palácio do Planalto, com a presença do presidente em exercício, Michel Temer, e do próprio Meirelles.

"Essa equipe definiu o rumo", afirmou Moreira Franco. Delfim Netto foi ministro da Fazenda entre o final dos anos 60 e início dos anos 70.

O secretário disse ainda que, apesar de a confiança ser um problema para o País, as medidas encaminhadas pelo governo ao Congresso estão sendo votadas "num ambiente de confiança e esperança".

Moreira Franco destacou a importância do apoio da iniciativa privada para que o país retome o crescimento e disse que um governo sozinho não constrói uma economia sólida. Responsável por estimular as concessões no governo, ele afirmou que o momento político delicado "traz insegurança institucional, por ser um período muito alongado".

"Temos dois presidentes da República. Isso, evidentemente, gera problemas, estamos sentindo isso, vários leilões já deveriam ter sido feitos", afirmou o secretário. Segundo Franco, o Brasil precisa "e vai ter um governo em que confie".