23°
Máx
12°
Min

Detentores de títulos aceitaram condições de recompra anunciada pela Petrobras

A Petrobras anunciou o resultado das operações de recompra no âmbito da emissão anunciada em meados do mês passado, que havia sido antecipada pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado. A petroleira informou que os detentores de títulos em volume equivalente a US$ 7.523.494.000,00 e € 1.920.133.000,00 aceitaram, em 31 de maio de 2016, os termos das condições da operação de recompra. O pagamento da operação de recompra ocorrerá no dia 3 deste mês.

Segundo a estatal, considerando o limite de recompra previamente anunciado pela subsidiária integral Petrobras Global Finance (PGF), de US$ 6 bilhões, foi aceita a totalidade do volume entregue pelos investidores das seguintes séries: Notas Globais a 3,500% com vencimento em fevereiro de 2017; Notas Globais a 3,250% com vencimento em março de 2017; Notas Globais com Taxa Variável com vencimento em março de 2017; Notas Globais a 2,750% com vencimento em janeiro de 2018; Notas Globais a 5,875% com vencimento em março de 2018; e Notas Globais a 4,875% com vencimento em março de 2018.

Além disso, foi aceita recompra de US$ 65.267.000 do volume oferecido para as Notas Globais a 3,000% com vencimento em janeiro de 2019, a ser pago em bases pro-rata e considerando o fator de 0,06710279.

Não foi aceita nenhuma ordem das seguintes séries: Notas Globais com Taxa Variável com vencimento em janeiro de 2019; Notas Globais a 7,875% com vencimento em março de 2019 e Notas Globais a 3,25% com vencimento em abril de 2019.

Os investidores que tiveram seus títulos aceitos para recompra poderão receber o valor apresentado como pagamento total numa tabela divulgada pela estatal em comunicado. Esse montante considera o prêmio por liquidação antecipada, acrescidos dos juros acruados e não pagos até a data da liquidação. O pagamento total será de aproximadamente US$ 6,059 bilhões, baseado na taxa de cambio de € 1,1133 por dólar norte-americano, diz a Petrobras.

A estatal informou que os detentores de títulos que optarem por participar da Oferta após o dia 31 de maio de 2016 não terão seus títulos aceitos para recompra, assim como todos os investidores que participaram da oferta até esta data e não tiveram seus títulos recomprados. Para esses casos, os títulos serão devolvidos ou creditados junto aos seus agentes sem despesas extras.

Os agentes das ofertas de recompra e solicitação de consentimento foram as instituições BB Securities, J.P. Morgan Securities, Merrill Lynch, Pierce, Fenner & Smith Incorporated e Santander Investment Securities, que atuaram em conjunto. A Global Bondholder Services Corporation está atuando como agente depositária e de informações.