24°
Máx
17°
Min

Dólar à vista sobe 2% com maior aposta em alta de juros nos EUA

O fortalecimento das apostas em um aumento dos juros nos Estados Unidos em junho deu sustentação ao dólar no mercado internacional nesta quarta-feira, 18, e fez a moeda americana fechar em alta de 2% no Brasil, cotada a R$ 3,5593.

A percepção de que um aperto monetário nos EUA pode estar próximo cresceu com a ata da última reunião do Federal Reserve (Fed). No documento, o Fed disse que seus dirigentes mantêm a possibilidade de alta de juros em junho. Além disso, a instituição afirmou que alguns membros acreditam que a expectativa do mercado sobre junho está "indevidamente baixa".

Na prática, o dólar acelerou os ganhos ante as divisas globais e isso impactou as cotações também no Brasil. Por aqui, a moeda americana já subia desde cedo, sob influência do exterior, onde havia expectativa pelo Fed, e do leilão de swap cambial reverso feito pelo Banco Central. Na operação, equivalente à compra de dólares no mercado futuro, a instituição colocou todos os 20 mil contratos ofertados (US$ 1 bilhão).

Também havia certa cautela em relação ao cenário político, sendo que alguns profissionais se mostravam ansiosos para que o governo Michel Temer anuncie as primeiras medidas de impacto na área econômica.