24°
Máx
17°
Min

Dólar apresenta queda com pressão por definição da Ptax

O dólar apresenta desvalorização ante o real na manhã desta quinta-feira, 31, dia de formação da última taxa Ptax do mês. Há disputa entre os investidores comprados e vendidos em contratos cambiais e com isso, às 9h55, o dólar apresentava queda de 0,46%, negociado a R$ 3,5965.

"A pressão técnica exercida por investidores comprados (alta) e vendidos (baixa) em contratos cambiais deixa o mercado instável", explica Marcos Trabbold, da B&T corretora.

Além dos fundamentos do próprio mercado cambial, o dólar também reage ao Relatório Trimestral de Inflação (RTI) divulgado nesta quinta pelo Banco Central. O documento mostra que o BC passou a trabalhar com premissas de Produto Interno Bruto (PIB) ainda mais baixo e inflação ainda mais alta para 2016. O relatório também reconhece, pela primeira vez, que o teto da meta não deverá ser respeitado neste ano.

As declarações dadas pela presidente do Federal Reserve (Fed, o BC norte-americano), Janet Yellen, durante a semana, também continuam pressionando o dólar. Yellen sugeriu que o processo de elevação da taxa de juros será mais gradual do que o previsto pelo mercado.

O noticiário político também merece atenção. Às 11 horas o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, e o professor de Direito Tributário da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Ricardo Lodi Ribeiro, indicados pelo governo, serão ouvidos pela comissão especial do impeachment. Eles devem defender Dilma Rousseff no processo que pode resultar no fim antecipado do mandato da presidente.