26°
Máx
19°
Min

Dólar avança ante real, com leilão do BC e exterior

O sinal é de alta no dólar, refletindo a realização do leilão de swap cambial reverso do Banco Central e em linha com o avanço da moeda dos Estados Unidos ante divisas principais e algumas de países emergentes e exportadores de commodities. O dólar não mostrou num primeiro momento reação à queda dos pedidos de auxílio-desemprego nos EUA para 266 mil na semana passada, de previsão de 265 mil.

Às 9h31, o dólar à vista subia 0,50%, a R$ 3,1457, enquanto o dólar futuro de setembro avançava 0,54%, a R$ 3,1660.

O Banco Central poderá retirar até US$ 750 milhões do mercado futuro, por meio do aumento da oferta no leilão de swap reverso nesta quinta-feira, 11, para 15 mil contratos, ante 10 mil contratos (US$ 500 mi) que vinha ofertando desde o início de julho.

Além disso, no exterior, a moeda americana computa ganhos perante divisas principais e algumas de países emergentes e exportadores de commodities.