23°
Máx
12°
Min

Dólar cai ante o real, na contramão do exterior

(Foto: Divulgação)  - Dólar cai ante o real, na contramão do exterior
(Foto: Divulgação)

Os mercados domésticos mostram volatilidade no início dos negócios desta terça-feira, 8, tendo no radar o cenário político interno e a aversão a risco que predomina no exterior. O dólar caía ante o real, com fluxo positivo, após uma abertura em alta. No exterior, no entanto, o dólar avança ante as pares do real emergentes e ligadas a commodities após o desempenho fraco da balança comercial chinesa.

Na próximas horas, as atenções estarão na reunião de coordenação política, cujo início era previsto para as 9h30, e para a reunião da presidente Dilma Rousseff com o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa (11 horas).

Às 7h37, o dólar à vista caía a R$ 3,7861 (-0,20%). O dólar para abril subia a R$ 3,8045, (+0,05%).

As importações da China registraram queda anual de 13,8% em fevereiro, após recuarem 18,8% em janeiro e abaixo do previsto por economistas (15%). Já as exportações caíram 25,4% na comparação anual de fevereiro, depois de uma retração de 11,2% em janeiro, a maior queda em mais de cinco anos.

Neste caso, a queda superou ainda a redução prevista pelo mercado, também de 15%. O superávit comercial da China recuou em fevereiro para US$ 32,59 bilhões, de US$ 63,29 em janeiro, ficando aquém das estimativas, de superávit de US$ 51,25 bilhões.