23°
Máx
12°
Min

Dólar cai com exterior, em meio a petróleo em alta

O dólar cai ante o real, influenciado pela alta do petróleo, de cerca de 1% em Londres e Nova York. Por volta das 9h30 desta terça-feira, 2, a moeda renovou mínimas até R$ 3,2476 (-0,66%) no mercado à vista, apesar da venda do lote integral de US$ 500 milhões em swap reverso.

A moeda à vista reagiu aos dados da economia dos EUA divulgados nesta manhã, sobretudo ao fraco índice de preços do PCE, que subiu 0,1% em junho ante maio e 0,9% na comparação anual - ainda bem distante da meta do Fed de inflação de 2,0% ao ano, afirmou Jefferson Rugik, diretor da Correparti. Segundo ele, a inflação baixa atenua a possibilidade de aumento de juros ainda este ano. O fluxo cambial está normal, sem grandes destaques, disse ele

Às 9h49 desta terça, o dólar à vista registrava queda de 0,70%, a R$ 3,2463. O dólar para setembro anotava um recuo de 0,58%, a R$ 3,2879.

A produção industrial subiu 1,1% em junho ante maio, na série com ajuste sazonal. O resultado veio dentro das expectativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, que esperavam uma expansão de 0,50% a 3,10%, com mediana positiva de 1,20%.

Em relação a junho de 2015, a produção caiu 6,0%. Nessa comparação, sem ajuste, as estimativas variavam de retração de 7,30% a 4,20%, com mediana negativa de 6,30%.