22°
Máx
14°
Min

Dólar começa volátil e tem viés de baixa antes de leilão de linha

O dólar começou a sessão alternando alta e baixa ante o real e o viés de baixa prevalecia na manhã desta sexta-feira, 30. Segundo um operador de renda fixa, os investidores estão voltados para o temor de risco sistêmico com o Deutsche mostrado pelas praças internacionais, mas ajuda a trazer alívio ao dólar a expectativa com o leilão de linha do Banco Central.

Já o resultado da taxa de desemprego no trimestre encerrado em agosto, que ficou dentro das previsões, é colocado em segundo plano.

Às 9h30, dólar à vista no balcão caía 0,03%, a R$ 3,2529. O dólar para outubro cedia 0,17%, a R$ 3,2535.

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 11,8% no trimestre encerrado em agosto de 2016, o maior resultado já registrado pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), iniciada em 2012, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado ficou, no entanto, dentro das expectativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, que estimavam uma taxa de desemprego entre 11,40% e 11,90%, com mediana de 11,70%.