22°
Máx
14°
Min

Dólar fecha a R$ 3,6813, com exterior e incerteza política

O dólar à vista encerrou esta terça-feira, 5, em alta, em mais um dia de forte incerteza sobre o futuro do governo de Dilma Rousseff. A moeda fechou cotada a R$ 3,6813, em alta de 1,76%.

No exterior, a divisa americana também valorizou-se. Apesar da influência altista vinda de fora, o que mais preponderou para esse fechamento próximo da máxima do dia (R$ 3,6835) foi a dificuldade de prever o desfecho do processo de impeachment, segundo afirmaram profissionais do mercado de câmbio.

Os investidores continuaram o movimento iniciado ontem de recomposição de posições na moeda americana. "A incerteza em torno do processo (de afastamento da presidente eleita) aumentou, e o mercado decidiu frear aquele otimismo exagerado, que vinha fazendo a moeda cair", resumiu o economista Sidney Nehme, da NGO Corretora, em entrevista ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado. "O impeachment não será tão fácil quanto parece."