26°
Máx
19°
Min

Dólar fecha em queda e no menor valor em quase um ano, a R$ 3,3420

O dólar manteve-se em queda no mercado à vista e fechou nesta quinta-feira, 23, a R$ 3,3420 (-1,09%) - menor valor desde 29 de julho de 2015 (a R$ 3,330), de acordo com o AE Dados. Com o resultado, a moeda americana ampliou as perdas acumuladas em junho para 7,45% ante o real. Foi a 13ª sessão de baixa em 17 dias úteis de negócios deste mês de junho.

Desta vez, segundo profissionais do mercado, o ajuste ocorreu com forte giro financeiro, de cerca de US$ 2,121 bilhões, e refletiu o alívio em geral decorrente da sinalização das pesquisas sobre o referendo britânico, que apontam maioria de votos a favor da permanência do Reino Unido na União Europeia. O resultado do plebiscito está previsto para o final da madrugada desta sexta-feira no Brasil. O dólar futuro para julho encerrou na mínima do dia, em baixa de 1,23%, aos R$ 3,3450, com giro financeiro de US$ 11,929 bilhões.

Os leilões de linha do BC de até US$ 4,4 bilhões hoje à tarde ajudaram a limitar a queda do dólar até por volta das 13 horas, quando é feita a última coleta de taxas para a definição da Ptax diária, enquanto a Operação Custo Brasil da Polícia Federal teve grande repercussão, mas não afetou a formação da taxa de câmbio, disse o diretor de uma corretora.

Um economista de uma gestora de recursos afirmou que o apetite por ativos de risco no exterior se sobrepôs às notícias locais. "O noticiário político foi intenso, houve grande repercussão da operação nas sedes do PT em SP e em Brasília, mas não determinou a baixa do dólar nem a curva de juros", afirmou a fonte.