22°
Máx
16°
Min

Dólar recua ante real com queda de risco Brasil e antes de votação do impeachment

O dólar cai ante o real nesta terça-feira, 9, em uma sessão volátil, à espera da votação da pronúncia do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado. Segundo uma fonte de câmbio, "o mercado está otimista com base na projeção de que haverá 60 votos a favor do afastamento de Dilma".

Além disso, a queda do risco Brasil ajuda no recuo do dólar. Os dados de varejo não chegaram a mexer com nenhum dos dois mercados, segundo profissionais.

Às 9h35, o dólar futuro de setembro caía 0,39%, a R$ 3,1880. Às 9h20, o risco Brasil medido pelo CDS de cinco anos do País estava em baixa, a 269,818 pontos-base, ante fechamento de segunda-feira a 271,005 pontos-base.

As vendas do comércio varejista subiram 0,10% em junho ante maio, na série com ajuste sazonal, dentro do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, que esperavam desde uma queda de 0,90% a crescimento de 0,80%, com mediana negativa de 0,30%. Na comparação com junho de 2015, sem ajuste sazonal, as vendas do varejo tiveram baixa de 5,3% em junho de 2016. Nesse confronto, as projeções eram de declínio, de 4,90% a 7,10%, com mediana negativa de 6,05%.