22°
Máx
16°
Min

Dólar renova máximas com cautela sobre impeachment e cenário externo

O dólar à vista volta a subir e registrou máxima, a R$ 3,6204 (+0,81%), por volta das 10h40 desta sexta-feira, após recuar pontualmente. O dólar futuro de maio avançava 0,65%, a R$ 3,6450.

O superintendente regional na SLW corretora, João Corrêa, disse que o mercado voltou a se alinhar ao viés de alta da moeda americana em relação a divisas emergentes e ligadas a commodities, em razão do clima de aversão ao risco no exterior.

Internamente, segundo ele, os eventos políticos também deixam um ponto de interrogação em relação ao processo de impeachment. "Há divisão dentro do PMDB e uma movimento entre partidos menores, que pode dar força ao governo contra o impedimento da presidente, além da decisão do STF ontem", citou.