23°
Máx
12°
Min

Dólar sobe ante real com exterior defensivo

Os mercado domésticos são guiados pelo exterior na manhã desta terça-feira, 13, deixando em segundo plano o resultado das vendas no varejo de julho e a cassação de Eduardo Cunha. O tom de cautela nas praças internacionais, com petróleo em queda ao redor de 2% e dólar mais forte, se reflete na alta do dólar ante o real.

Às 9h25, o dólar à vista subia 0,57% aos R$ 3,2673. O dólar para outubro avançava 0,66%, a R$ 3,2850.

As vendas do comércio varejista caíram 0,30% em julho ante junho, na série com ajuste sazonal, dentro do intervalo das estimativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, que esperavam desde uma queda de 0,90% a crescimento de 0,70%, com mediana de estabilidade.

Na comparação com julho de 2015, sem ajuste sazonal, as vendas do varejo tiveram baixa de 5,3% em julho de 2016. Nesse confronto, as projeções iam de declínio de 3,40% a recuo de 6,50%, com mediana negativa de 5,00%.