22°
Máx
14°
Min

Dow Jones e S&P 500 sobem com Fed paciente com juros; Nasdaq cai com balanços

Os principais índices das bolsas de Nova York fecharam sem direção única nesta quarta-feira, 27. O Dow Jones e o S&P 500 subiram, sustentados pelo entendimento de que o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) não tem pressa para elevar os juros nos EUA. Já o Nasdaq foi pressionado por balanços fracos de empresas do setor de tecnologia.

O Fed manteve a política monetária na reunião que terminou nesta quarta-feira, conforme o esperado. O comunicado emitido após o encontro descreveu a economia norte-americana como melhor em alguns aspectos, mas ainda com dificuldades em outros.

"Não há nada no comunicado que sugira que o Fed está com pressa", afirmou Gary Pollack, chefe de operações com renda fixa da unidade de gestão de riquezas do Deutsche Bank em Nova York. "O Fed não quer assustar os mercados, tendo em vista que os investidores estão nervosos" sobre o momento e o ritmo das próximas elevações de juros planejadas.

"Em geral, eu acho que o mercado de ações dos EUA tem se mostrado bastante resiliente diante do que parecem ser notícias desafiadoras", comentou Jack Ablin, diretor de investimentos do BMO Private Bank, referindo-se a balanços corporativos decepcionantes.

O índice Dow Jones fechou em alta de 51,23 pontos (0,28%), aos 18.041,55 pontos, e o S&P 500 avançou 3,45 pontos (0,16%), para 2.095,15 pontos. O Nasdaq, por outro lado, caiu 25,14 pontos (0,51%), para 4.863,14 pontos.

As ações da Apple caíram 6,3% após a empresa divulgar ontem depois do fechamento receita abaixo do esperado no primeiro trimestre deste ano, enquanto o Twitter, que também ontem publicou receita menor que o previsto, despencou 16%. Balanços piores que as estimativas têm pressionado o Nasdaq há quatro sessões e o índice agora acumula queda de 2,9% neste ano até agora, comparado ao ganho de 3,5% do Dow Jones. Fonte: Dow Jones Newswires