22°
Máx
16°
Min

Elevar carga tributária é o último dos recursos, diz Padilha

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou nesta segunda-feira, 19, que o aumento de impostos é o último dos recursos a ser adotado pelo governo de Michel Temer. "É o último dos últimos dos últimos recursos. Vamos cortar tudo que tiver que cotar para dentro e aperfeiçoar os sistemas", disse o ministro.

Ele comentou que, com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do teto de gastos, a reforma da Previdência e a trabalhista, o Brasil vai crescer. "Não vai ser necessário (aumentar a carga tributária)", reforçou.

Padilha disse ainda que "nunca houve tanta liquidez internacional quanto hoje" e que o Brasil está apresentando um "novo retrato" ao mundo para receber investimentos.

Conselhão

O ministro Eliseu Padilha afirmou também que a reativação do chamado Conselhão será avaliada neste mês e que o órgão voltará a funcionar. O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social servirá, segundo ele, para cumprir sua função original de "dar conselhos ao governo".

O Conselhão foi criado em 2003 pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como um órgão de assessoramento do presidente da República para a elaboração de políticas públicas.