27°
Máx
13°
Min

Em sintonia com dólar, taxas futuras de juros têm forte queda

Os juros futuros têm recuo acentuado na manhã desta quinta-feira, 17, em linha com o dólar, em reação aos grampos telefônicos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, cuja cerimônia de posse como ministro-chefe da Casa Civil está marcada para às 10 horas. A percepção dos agentes do mercado é de que a nomeação dele e as gravações mostrando suas conversas com a presidente Dilma Rousseff podem acelerar o processo de impeachment.

Às 9h33, o DI para janeiro de 2021 tinha taxa de 14,22%, ante 14,60% no ajuste da véspera. O Ibovespa futuro avançava 4,63%, aos 50.850 pontos.

Sobre a tramitação do processo de impeachment na Câmara, o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que estuda a possibilidade de votar as 65 indicações da comissão processante partido a partido. O deputado voltou a defender a celeridade e a "abreviação" do processo.

Cunha explicou que a sessão da eleição da comissão começará nesta quinta, às 10 horas, mas os partidos terão até o meio-dia para indicar seus representantes. A votação deve se estender até as 14 horas. A previsão é de que a comissão seja instalada às 17 horas, com a eleição do presidente e do relator do colegiado no mesmo dia.