21°
Máx
17°
Min

Embraer prevê demanda de 1,57 mil novos jatos na Ásia nos próximos 20 anos

A Embraer prevê encomendas de companhias aéreas na região Ásia-Pacífico, que inclui a China, de 1,57 mil novos jatos no segmento de 70 a 130 assentos nos próximos 20 anos, a preço lista de US$ 75 bilhões.

Conforme o anúncio, feito no Singapore Airshow, tal volume representa 25% da demanda mundial para o segmento no período - o mercado global deve demandar 6.350 novos jatos na categoria, avaliada em USS 300 bilhões.

"Estamos mostrando às companhias aéreas o benefício de afastar-se de um mercado lotado e buscar oportunidades em mercados que estão atualmente carentes, ou sem serviço algum, onde os rendimentos são também mais fortes, passando de um a dois dígitos", disse o presidente e CEO da Embraer Aviação comercial, Paulo Cesar Silva, por meio de nota.

No segmento de 70 a 130 lugares, a Embraer afirma que possui participação global de mercado de 51% das encomendas e 62% das entregas desde 2004.