22°
Máx
14°
Min

Emirados Árabes Unidos apoiam plano de congelar produção de petróleo

Os Emirados Árabes Unidos anunciaram seu apoio ao plano de alguns importantes produtores de petróleo de congelar a produção nos níveis de janeiro, em uma tentativa de conter a queda nas cotações. A iniciativa foi anunciada nesta semana por Catar, Venezuela, Rússia e Arábia Saudita, mas o quarteto ressaltou que, para ela se materializar, é preciso que outros grandes produtores façam o mesmo.

O Ministério da Energia dos Emirados Árabes divulgou comunicado, veiculado pela agência estatal WAM, no qual diz que o país apoia o limite na produção. Os Emirados Árabes integram a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e disseram que podem congelar sua produção se outros membros do grupo e também a Rússia fizerem o mesmo.

Outro membro da Opep, o Kuwait, também já anunciou seu apoio à proposta.

Na quarta-feira, o Irã sinalizou que apoia a iniciativa, mas não deu sinais de que planeja impor um limite em sua própria produção. O ministro do Petróleo iraniano, Bijan Zanganeh, disse que seu país apoia os esforços dos demais países para estabilizar a cotação, mas afirmou que as demais nações "entendem a situação especial" de seu país. Com a retirada de sanções por causa do programa nuclear iraniano, Teerã tem trabalhado para impulsionar suas exportações e recuperar fatia de mercado. Fonte: Associated Press.