27°
Máx
13°
Min

Emplacamento no setor de implementos cai 30,71% de janeiro a setembro, diz Anfir

O volume de emplacamentos de implementos rodoviários no acumulado do ano até setembro totalizou 47.848 unidades, o que representa uma queda de 30,71% em relação aos 69.053 produtos emplacados no mesmo intervalo de 2015, informou nesta segunda-feira, 10, a Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir).

Em nota, a entidade destaca que foram entregues 18.469 produtos no segmento de reboques e semirreboques no período entre janeiro e setembro de 2016, uma retração de 18,23% na comparação com os primeiros nove meses do ano passado. Já no segmento de carroceria sobre chassis, foram entregues 29.379 unidades desde o início do ano, um recuo de 36,77% na base anual.

A Anfir ressalta que, apesar dos resultados negativos no mercado interno, as vendas ao exterior nos primeiros três trimestres deste ano avançaram 24,49% em relação ao mesmo intervalo de 2015, totalizando 2.547 reboques e semirreboques. Segundo a associação, o volume de vendas ao exterior poderá aumentar ainda mais como resultado do convênio assinado entre a Anfir e a Agência Brasileira de Promoção de exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

TJLP

Em nota, o presidente da Anfir, Alcides Braga, afirmou que a manutenção da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) em 7,5% para o quarto trimestre de 2016 foi uma decisão acertada por parte do Conselho Monetário Nacional (CMN). "É um bom patamar de juros para o mercado mas para alavancar as vendas é necessário que o BNDES amplie sua participação nos financiamentos", diz o executivo.