20°
Máx
14°
Min

Encomendas de bens duráveis nos EUA sobem 3,4% em abril ante março

(Foto: Fernanda Carvalho/ Fotos Públicas) - Encomendas de bens duráveis nos EUA sobem 3,4% em abril ante março
(Foto: Fernanda Carvalho/ Fotos Públicas)

As encomendas de bens duráveis tiveram crescimento de 3,4% em abril na comparação com o mês anterior nos Estados Unidos. O resultado foi positivo graças a um avanço no setor de aeronaves para uso civil, mas dados subjacentes ainda mostram fraca demanda por outros produtos manufaturados. Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam avanço menor, de 0,7% ante março.

As encomendas de bens duráveis de março foram revisadas de +0,8% para +1,9%. Já as encomendas de fevereiro foram revisadas para baixo, a um declínio de 3,3%.

Excluindo-se automóveis, as novas encomendas tiveram alta mensal de 0,4% em abril. Caso se retirem os gastos com defesa, outra categoria volátil, as encomendas aumentaram 3,7% no mês, a primeira alta após quatro meses de queda.

As encomendas de bens de capital de defesa aumentaram 3,7% em abril ante março, após alta de 80,7% no mês anterior.

Apesar da forte alta no dado geral, uma categoria importante para o investimento empresarial continuou a mostrar sinais de fraqueza. As encomendas de bens de capital excluindo-se defesa e aeronaves caiu 0,8% em abril. Durante os primeiros quatro meses do ano, a categoria acumula queda de 4,1%, em comparação com o mesmo período de 2015. As encomendas totais registraram aumento de 0,8% até agora este ano, apoiada pela demanda por aviões e equipamento militar.

Um ganho de 64,9% nas encomendas de aviões para o uso civil impulsionou o aumento abril.

Por outro lado, as encomendas de máquinas caíram 1,9% no mês passado e a demanda por metais primários ficou estável. Os embarques de bens duráveis avançaram 0,6% no mês passado, o primeiro aumento desde janeiro. Fonte: Dow Jones Newswires.