24°
Máx
17°
Min

Encomendas de bens duráveis sobem 0,8% em março ante fevereiro nos EUA

As encomendas de bens duráveis tiveram crescimento de 0,8% em março na comparação com o mês anterior nos Estados Unidos. O resultado foi positivo graças a um avanço nos gastos com defesa, mas a demanda subjacente das empresas e dos consumidores parece se enfraquecer. Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam avanço maior, de 1,7% ante fevereiro.

As encomendas de bens duráveis de fevereiro foram revisadas, mostrando agora uma queda mensal de 3,1%.

Excluindo-se automóveis, as novas encomendas tiveram queda mensal de 0,2% em março. Caso se retirem os gastos com defesa, outra categoria volátil, as encomendas caíram 1,0% no mês, o quarto declínio em cinco meses.

As encomendas de bens de capital no setor de defesa tiveram avanço mensal de 48,4%, no patamar mais forte em quase dois anos. As encomendas de bens de capital excluindo-se defesa e aeronaves ficaram estáveis em março, após recuarem no mês anterior.

A desaceleração nas compras de itens de grande valor, como aviões para uso civil e computadores, é um sinal de que a preocupação para a indústria continua. Durante mais de um ano, o setor tem lutado com a demanda reduzida por equipamentos para mineração, graças aos baixos preços das commodities, à fraqueza em algumas economias de outros países e ao dólar forte, que torna os produtos dos EUA mais caros. Fonte: Dow Jones Newswires.