21°
Máx
17°
Min

Encomendas de bens duráveis sobem 4,9% em janeiro ante dezembro nos EUA

As encomendas de bens duráveis avançaram 4,9% em janeiro na comparação com o mês anterior nos Estados Unidos, um sinal de que a indústria pode estar se estabilizando, após um de seus piores anos desde o fim da recessão. Na comparação anual, as encomendas tiveram crescimento de 0,6% em janeiro, segundo o Departamento do Comércio.

O resultado superou a previsão dos analistas, que era de alta mensal de 3,3%. As novas encomendas de bens de capital excluindo-se defesa e aeronaves, consideradas um indicativo dos gastos das empresas com equipamentos, tiveram crescimento de 3,9% no mês, o maior avanço mensal desde junho de 2014, após dois recuos consecutivos. Na comparação anual, porém, essa medida recuou 4,4% em janeiro. A queda em dezembro desse indicador foi revisada, de -4,3% para -3,7%.

Já o índice cheio das encomendas de bens duráveis reagiu após dois meses de queda. O recuo de dezembro foi revisado para 4,6%. As encomendas caíram 3,5% em todo o ano de 2015, seu maior recuo anual desde o fim da recessão.

As encomendas no setor de transportes puxaram o avanço de janeiro, com uma alta mensal de 11,5%, o maior avanço desde março. As encomendas de aeronaves civis tiveram aumento de 54,2%. Excluindo-se o setor de transportes, as encomendas cresceram 1,8%. Caso se retirem as encomendas do setor de defesa, houve alta de 4,5% no mês em janeiro. Fonte: Dow Jones Newswires.