23°
Máx
12°
Min

Extinção de 448,1 mil vagas no ano até maio é a maior para o período na série

A extinção de 448.101 vagas de janeiro a maio de 2016, segundo os dados com ajuste (que inclui declarações fora do prazo), é a mais intensa para o período desde o início da série do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) nesta comparação, em 2002. Trata-se ainda do segundo resultado negativo para este intervalo - em 2015, foram fechados 243.948 postos nos cinco primeiros meses do ano.

Os dados do Caged mostram que a extinção de vagas de janeiro a maio deste ano ocorreu principalmente no comércio (-227.867), seguido pela indústria de transformação (-108.056). Também fecharam postos nos primeiros cinco meses de 2016 os setores de construção civil (-86.473), serviços (-84.881), extrativa mineral (-4.190) e serviços industriais de utilidade pública (-2.777).

No acumulado deste ano até maio, abriram vagas as atividades de agricultura (48.547) e administração pública (17.596).