22°
Máx
17°
Min

Falha elétrica paralisa uma das maiores refinarias da Venezuela

A refinaria Cardón, uma das maiores da Venezuela, sofreu nesta quinta-feira uma paralisação em consequência de uma falha elétrica. Segundo o governo, porém, isso não afetou a produção de combustível no local.

Algumas unidades da refinaria, que forma junto com a de Amuay o Centro de Refino Paraguaná, foram afetadas por uma "interrupção elétrica" que ocorreu na madrugada, indicou a estatal Petróleos de Venezuela (PDVSA) em comunicado. O complexo de refino fica no Estado de Falcón, no oeste venezuelano.

A interrupção elétrica afetou somente as operações de Cardón, mas a adjacente Amuay, a maior refinaria do país, manteve-se em funcionamento.

A operação normal deve voltar a Cardón em um prazo de quatro dias, segundo autoridades. Um comitê da PDVSA iniciou uma investigação para determinar as causas da falha elétrica.

Amuay e Cardón têm capacidade conjunta de processar diariamente cerca de 900 mil barris de petróleo e 200 mil barris de gasolina. O Centro de Refino Paraguaná atende 67% da demanda por combustível no mercado doméstico venezuelano. Fonte: Associated Press.