22°
Máx
14°
Min

FecomercioSP: desemprego e dívidas reduzem intenção de compra para Dia das Mães

Apenas 58,6% dos consumidores pretendem comprar presentes para o Dia das Mães, de acordo com levantamento feito pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). A quantidade é praticamente igual à do ano passado (58,5%), porém está abaixo da média histórica: 64%. Entre as principais razões para não dar presente está o desemprego: 13,3% citaram esse motivo. Apenas 4,1% apontaram essa causa ano passado. O endividamento foi mencionado por 51,8%, ante 38,6% em 2015.

Já o valor médio a ser gasto com os presentes aumentou de R$ 166 em 2015 para R$ 169 neste ano. Porém, de acordo com a FecomercioSP, a elevação apenas acompanhou a inflação, já que os preços cresceram na média 10% nesse período.

Dos entrevistados, 73,3% disseram que a situação econômica está pior em 2016. Entre os que pretendem presentear, 77% afirmam que vão usar dinheiro, cheque ou cartão de débito para o pagamento; no ano passado, eram 76,3%. O cartão de crédito é a primeira opção de 21,4%. Já os que vão recorrer a carnês e boletos são 0,8%.