22°
Máx
17°
Min

Fed mantém taxas e dirigentes reduzem projeção para juros no fim de 2016

(Foto: Marcos Santos/USP Imagens) - Fed mantém taxas e dirigentes reduzem projeção para juros no fim de 2016
(Foto: Marcos Santos/USP Imagens)

O Federal Reserve manteve nesta quarta-feira a taxa dos fed funds na faixa de 0,25% a 0,50% e a taxa de redesconto em 1,00%, em uma decisão com nove votos a favor e um contra, de Esther George. A mediana das projeções dos dirigentes do banco central dos EUA para os juros no fim deste ano diminuiu bastante, de 1,375%, para 0,875%, em um sinal de que a elevação será mais gradual do que o esperado.

A mediana das projeções do Fed indica apenas duas altas de juros pela instituição durante este ano, não mais quatro como apontavam as projeções anteriores, de dezembro. A mediana mais recente mostra que a taxa de juros deve estar em 0,875% no fim de 2016, não mais em 1,375% como na projeção anterior.

A mediana das projeções para os juros foi cortada também para o ano que vem e o seguinte, o que indica menos elevações de juros. As previsões atualizadas do Fed ficam, assim, mais próximas à visão do mercado, em comparação com uma pesquisa recente com economistas, elaborada pelo Wall Street Journal.

A economia global e as turbulências financeiras continuam a apresentar riscos aos Estados Unidos nos últimos meses, afirmou hoje o banco central norte-americano em seu comunicado. Segundo a instituição, a economia local "tem se expandido a um ritmo moderado, apesar dos últimos acontecimentos no exterior". Apesar disso, esses fatores continuam "representando riscos" aos Estados Unidos.

Com o voto contrário da presidente da regional de Kansas City, Esther George, foi a primeira vez que a decisão não foi tomada por consenso desde a outubro, quando Jeffrey Lacker, presidente da regional de Richmond do Fed, foi contra a decisão de manter estáveis os juros. George era favorável a uma elevação da taxa em 0,25 ponto porcentual. Fonte: Dow Jones Newswires.