28°
Máx
17°
Min

FGTS amplia para dezembro prazo para aplicar recursos em CRI e LCI

O conselho curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) estendeu para o início de dezembro o prazo para usar R$ 10 bilhões para a compra de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) e Letras de Crédito Imobiliário (LCI).

Ao vender esses papéis para o FGTS, o banco conta com novos recursos para aplicar em habitação. Essas operações seriam feitas em três parcelas: R$ 4 bilhões em março, R$ 3 bilhões em agosto e R$ 3 bilhões em novembro. Nesta quarta, o conselho ampliou o prazo para esses investimentos até dezembro.

Em fevereiro, o conselho liberou R$ 21,7 bilhões para aumentar as linhas de financiamento para a compra da casa própria. Foram R$ 11,7 bilhões para a linha Pró-Cotista e R$ 10 bilhões para os CRIs.