27°
Máx
13°
Min

Fluxo cambial total de julho até dia 8 é negativo em US$ 1,745 bi, diz BC

O fluxo cambial brasileiro registrou resultado negativo de US$ 1,745 bilhão em julho até o dia 8, conforme informou nesta quarta-feira, 13, o Banco Central. Em junho, as remessas foram US$ 3,560 bilhões negativos, com destaque de maior quantidade de envios na última semana do mês.

A saída de dólares pelo canal financeiro no período foi de US$ 2,906 bilhões, resultado de entradas no valor de US$ 7,337 bilhões e de retiradas no total de US$ 10,243 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

Já no comércio exterior, o saldo de julho até o dia 8 ficou positivo em US$ 1,161 bilhão, com importações de US$ 2,590 bilhões e exportações de US$ 3,751 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 617 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 1,275 bilhão em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 1,859 bilhão em outras entradas.

Semana

O fluxo cambial da semana de 4 a 8 de julho ficou negativo em US$ 1,313 bilhão, conforme o Banco Central. A retirada de dólares pelo canal financeiro foi de US$ 2,260 bilhões no período, resultado de entradas no valor de US$ 5,205 bilhões e de envios no total de US$ 7,465 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

Já no comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 947 milhões no período, com importações de US$ 2,200 bilhões e exportações de US$ 3,147 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 526 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 1,097 bilhão em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 1,524 bilhão em outras entradas.

Ano

O fluxo cambial do ano até o dia 8 de julho ficou no vermelho em US$ 12,154 bilhões ante saldo negativo de US$ 10,841 bilhões visto até o dia 1º deste mês, diz o BC. Em igual período do ano passado, o resultado estava no terreno positivo, com as entradas superando os envios em US$ 10,465 bilhões.

A retirada de dólares pelo canal financeiro neste ano até o dia 8 de julho foi de US$ 38,725 bilhões. Esse resultado no ano é fruto de entradas no valor de US$ 223,757 bilhões e de envios no total de US$ 262,482 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

Já no comércio exterior, o saldo anual acumulado ficou positivo em US$ 26,571 bilhões até o mesmo dia, com importações de US$ 63,717 bilhões e exportações de US$ 90,288 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 16,988 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 24,943 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 48,358 bilhões em outras entradas.