27°
Máx
13°
Min

Fluxo de veículos nas estradas pedagiadas avança 0,2% em abril, diz ABCR

O fluxo total de veículos pelas estradas pedagiadas em abril aumentou 0,2% na comparação com março já descontados os ajustes sazonais. Os dados são da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) e Tendências Consultoria Integrada. Na mesma base de comparação, a circulação de veículos leves avançou 0,3% e a dos pesados cresceu 0,9%.

"Como vetor positivo, começa a ser delineada uma reversão da confiança dos empresários industriais, o que é consistente com um cenário de estabilização da atividade econômica no segundo semestre de 2016 e de expansão gradual da economia em 2017", afirma Rafael Bacciotti, economista da Tendências Consultoria.

"Apesar de ser uma variação positiva, ainda é uma elevação moderada. O fluxo de veículo pesados, por exemplo, não reverte a queda registrada no mês anterior. A retração esperada para as atividades industrial e comercial fundamentam uma evolução ainda desfavorável para o fluxo de pesados nos próximos meses", ressalta Bacciotti.

O mesmo acontece com os veículos leves, segundo o economista. "Apesar da elevação na base mensal, a tendência ainda é de retração já que o processo de deterioração dos indicadores de emprego e rendimentos limitam os deslocamentos de passeio", completa.

Em relação a abril de 2015, o índice total apresentou queda 4,0%. O fluxo de veículos leves recuou 4,3%, enquanto o fluxo de pesados teve queda menos intensa, de 2,9%. No acumulado do ano até abril o fluxo pedagiado apresentou queda de 2,3% na comparação com igual período do ano passado. O fluxo de veículos leves recuou 1,4%, enquanto o fluxo de pesados apresentou queda mais expressiva, de 4,9%.

Nos últimos 12 meses, o fluxo de veículos nas rodovias pedagiadas recuou 2,1%. Considerando essa mesma base de comparação, o fluxo de veículos leves e pesados registrou quedas de 0,9% e 5,6%, respectivamente.