21°
Máx
17°
Min

Fundo Amazônia termina 2015 com 80 projetos e R$ 1,2 bi em carteira, diz BNDES

Após aprovar 11 projetos ao longo de 2015, o Fundo Amazônia, gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), atingiu a marca de 80 projetos apoiados, no valor total de R$ 1,2 bilhão, informou nesta quarta-feira, 2, a instituição de fomento. Criado em 2008 pelo Ministério do Meio Ambiente, o fundo apoia os projetos com recursos não reembolsáveis, ou seja, não se trata de empréstimos.

Em nota, o BNDES detalha que, dos 80 projetos em carteira, 39 foram propostos pelo terceiro setor, com 31% do valor das aprovações, 21 pelos Estados amazônicos (42% dos recursos), sete por municípios (1%), seis pela União (22%), seis por universidades (1%) e um, internacional, apresentado pela Organização do Tratado de Cooperação Amazônia (OTCA) abrangendo os países da Pan-Amazônia (2% do valor total aprovado).

Ainda segundo o banco de fomento, a carteira total de projetos chega a 100 operações, somando R$ 2,02 bilhões. Os 20 projetos ainda não aprovados estão em diferentes fases de análise. "O valor equivale a cerca de 80% dos recursos já doados - fonte de receita do Fundo -, atualmente em R$ 2,5 bilhões", afirma a nota do BNDES.

Recursos públicos da Noruega respondem pela maioria dos recursos doados, somando R$ 2,4 bilhões. Segundo o BNDES, os demais doadores são o KfW, banco de desenvolvimento alemão (R$ 60,7 milhões) e a Petrobras (R$ 3,2 milhões).