23°
Máx
12°
Min

Governo deve concluir discussão sobre cessão onerosa do pré-sal até fim do ano

O governo espera concluir até o fim do ano a revisão do contrato de cessão onerosa, relativo a áreas do pré-sal, segundo o diretor do Departamento de Políticas de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural do Ministério de Minas e Energia, José Botelho, que participou na manhã desta quarta-feira, 31, de evento do Instituto Brasileiro do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP).

Dependendo da análise sobre alguns dados do contrato, a decisão poderá ser favorável à Petrobras ou à União. Uma das duas terá que ressarcir a outra pelo acesso a recursos de 5 bilhões de barris de petróleo do pré-sal concedido diretamente à estatal petroleira. As discussões dizem respeito, principalmente, ao valor a ser cobrado pelo barril do petróleo.

"Esperamos terminar essa revisão ainda neste semestre. Temos as certificadoras que já foram contratadas e agora a gente passa por uma negociação. Alguns pontos estão ainda pendentes e esses pontos podem ser favoráveis ou não à União ou à Petrobras", disse Botelho, que acrescentou ainda a pressa do governo em destravar nós do setor para atrair o investimento privado.