27°
Máx
13°
Min

Greve de um dia para a Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo

Trabalhadores da Mercedes-Benz em São Bernardo do Campo (SP) realizaram na quarta-feira, 4, um dia de greve de advertência contra possíveis demissões. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, há um clima de insegurança após declaração, na semana passada, do presidente da empresa no Brasil, Philipp Schiemer, de que não pretende renovar o Programa de Proteção ao Emprego (PPE).

O regime de redução de jornada e salários vence no fim do mês, e o acordo de estabilidade de 8 mil empregados em agosto. A empresa diz ter 2 mil trabalhadores excedentes e lamenta a paralisação, "uma vez que tem sofrido os efeitos da drástica queda no mercado de veículos causada pela crise política e econômica". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.