27°
Máx
13°
Min

GRU Airport paga R$ 350 milhões de outorga; restante será pago até dezembro

A Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU Airport) informou que efetuou nesta segunda-feira, 11, o pagamento de R$ 350 milhões referente à quarta parcela da outorga fixa devida ao Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC), dentro de um plano de parcelamento proposto pela companhia à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Conforme a concessionária, as demais parcelas serão pagas até o mês de dezembro. No total, a companhia deve depositar cerca de R$ 1,1 bilhão em outorga.

"A companhia, amparada em parecer emitido por seus assessores jurídicos, entende que o pagamento parcelado acrescido dos respectivos encargos não caracteriza inadimplemento do contrato de concessão", declarou a GRU Airport, em fato relevante.

A concessionária também informou que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou no mês passado a implementação desse plano de pagamento parcelado da outorga fixa. Em maio, a GRU Airport havia informado ao mercado que estava em estágio avançado de negociação junto ao BNDES e aos bancos repassadores sobre questão relacionada ao pagamento da outorga.

Em abril, as concessionárias de aeroportos, por meio da Associação Nacional das Empresas Administradoras de Aeroportos (ANEAA), solicitaram a postergação do pagamento da outorga fixa referente a 2016. A entidade alegava que houve deterioração das condições econômicas, com fortes reflexos no setor aéreo, o que afetou as finanças dos aeroportos.