23°
Máx
12°
Min

IGP-DI para 2016 cai de 9,20% para 9,15% no relatório Focus

O Relatório de Mercado Focus trouxe tendências diferentes para o comportamento dos Índices Gerais de Preço (IGPs) deste e do próximo ano. Estes indicadores são bastante afetados pelo desempenho do dólar, mas também pelos produtos no atacado, em especial os agrícolas, que estão em trajetória de alta.

No caso do IGP-DI de 2016, a mediana das estimativas dos analistas recuou de 9,20% na semana passada para 9,15% agora. Um mês atrás, a mediana das projeções para o IGP-DI deste ano estava em 8,27%. Para o ano que vem, a mediana das previsões passou de 5,57% para 5,50%. Quatro levantamentos atrás, essa previsão estava em 5,59%.

No caso do IGP-M, referência para o reajuste dos contratos de aluguel, a mediana das estimativas para este ano ficou paralisada em 9,23% esta semana. Quatro levantamentos antes estava em 8,34%. Para 2017, as previsões também voltaram a subir, passando de 5,66% para 5,70% - um mês atrás estava em 5,60%.

A mediana das previsões para o IPC-Fipe de 2016 também ficou congelada de uma edição da Focus para a outra, em 7,54%. Um mês antes, a mediana das projeções do mercado para o IPC era de 7,34%. Já para 2017, as expectativas para a inflação de São Paulo continuaram em 5,30%, como já estavam um mês atrás.