20°
Máx
14°
Min

Importações de petróleo da China sobem 24,4% no ano em fevereiro e batem recorde

As importações de petróleo chinesas atingiram nova máxima em fevereiro, já que as refinarias do país continuaram a aproveitar o prolongado período de preços baixos da commodity. A Administração Geral da Alfândega da China confirmou nesta segunda-feira que as importações de petróleo aumentaram 24,4% no ano em fevereiro, para 31,8 milhões de toneladas, o equivalente a cerca de 8 milhões de barris por dia, o maior patamar diário já registrado pelo país.

Ainda que o crescimento econômico chinês esteja desacelerando, o segundo maior consumidor mundial de energia permanece como um destaque para os fornecedores de petróleo, graças ao esforço agressivo do governo para elevar as reservas estratégicas e à robusta demanda pela commodity de refinarias locais independentes.

Muitas dessas refinarias locais têm aumentado suas compras de países vizinhos, como Indonésia, Vietnã e Malásia, afirmou Virendra Chauhan, analista de petróleo da Energy Aspects.

Em 2015, as importações de petróleo da China cresceram 8,8% e devem avançar mais 6% neste ano, afirmou Song Yen Ling, analista da Platts China Oil Analytics.

Em fevereiro, as importações de diesel da China aumentaram para 33,331 toneladas. As exportações de diesel, por sua vez, avançaram quase 600%, para 792,422 toneladas, segundo os dados oficiais. As importações de gasolina aumentaram 117%, para 864,152 toneladas, e as exportações aumentaram 168%, para 600,854 toneladas no mesmo mês. As importações de querosene recuaram 40%, para 230,389 toneladas. Fonte: Dow Jones Newswires.