22°
Máx
14°
Min

Incerteza política faz dólar subir 0,43%, cotado a R$ 3,5895

Incertezas com o ambiente político e a cautela antes de feriados no Brasil e nos EUA fizeram o dólar subir pelo terceiro dia seguido. A moeda americana terminou a sessão desta quarta-feira, 25, valendo R$ 3,5895 no mercado à vista, com alta de 0,43%. Novas gravações ligadas à Operação Lava Jato, envolvendo políticos importantes, deixaram a percepção de que a base de sustentação do governo Michel Temer pode ser atingida, o que prejudicaria a aprovação de medidas econômicas no Congresso.

Pela manhã, o viés para a moeda americana no Brasil era negativo. Isso porque o governo conseguiu aprovar no Congresso, durante a madrugada, sua proposta de meta fiscal para 2016, de déficit de R$ 170,5 bilhões. O número é ruim, mas sua aprovação representa, na prática, a primeira vitória da base de sustentação de Temer. No exterior, o avanço do petróleo também ajudava a justificar a queda do dólar ante o real. Assim, a moeda americana à vista marcou a mínima de R$ 3,5524 (-0,60%).

No fim da manhã, porém, o dólar desacelerou as perdas e virou para o positivo. Profissionais disseram que, em função dos feriados e da agenda pesada no exterior, nos próximos dias, muitos investidores buscaram a proteção da moeda americana. Amanhã é feriado de Corpus Christi no Brasil e, na sexta-feira, a sessão tende a ser esvaziada.