23°
Máx
12°
Min

Indiana UPL investirá R$ 1 bi em fábrica de agroquímicos no Brasil, diz Maggi

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, anunciou na manhã desta quinta-feira, 22, por meio de uma série de postagens no Twitter, que companhia indiana de defensivos United Phosphorus Limited (UPL) investirá R$ 1 bilhão na construção de uma unidade para a síntese e produção de agroquímicos no Brasil.

A unidade ainda não tem local definido de instalação. "Vocês são muito bem-vindos, contem com o apoio do governo porque precisamos de mais competitividade", declarou Maggi em um trecho de vídeo postado por ele na rede social.

Segundo o ministro, a UPL firmou ainda parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) para desenvolvimento de variedades de lentilha a serem cultivadas no Brasil para serem futuramente exportadas, cujos investimentos devem somar US$ 150 milhões.

"O Brasil se prepara para ser o grande fornecedor de lentilhas para a Índia, que é o grande consumidor mundial. Em 2030, a demanda de lentilhas na Índia deve ser de 30 milhões de toneladas (...) e para isso foi feito um convênio com a Embrapa para a importação e aclimatação de sementes de variedades", informou.

De acordo com informações institucionais da companhia, a UPL, fundada em 1969, está presente em 86 países e conta com 28 fábricas, cinco centros de pesquisas e está entre as dez maiores empresas do mundo no segmento de agroquímicos. No Brasil, a companhia tem sede e centro de pesquisas em Campinas (SP) e unidade produtora em Ituverava (SP).

Maggi encerra na Índia a viagem de quase um mês a países asiáticos, iniciada em 1º de setembro pela China. Além de encontros de negócios e de parcerias na Índia, ele participa ainda de uma reunião dos ministros da Agricultura dos países do Brics, também na Índia, e chega ao Brasil no domingo (25), segundo sua assessoria.