22°
Máx
16°
Min

Indicador Antecedente sobe 0,4% em janeiro, revelam FGV e Conference Board

O Indicador Antecedente Composto da Economia (IACE) para o Brasil subiu 0,4% em janeiro, ante janeiro de 2015, para 90,9 pontos, divulgaram nesta quarta-feira o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) e o Conference Board. É o segundo mês consecutivo de avanço. Em dezembro, o IACE aumentou 1,1% e em novembro ficou estável (0,0%).

Segundo as instituições, dos oito componentes do índice, cinco o influenciaram positivamente: os índices de Expectativas das Sondagens de Serviços, da Indústria e do Consumidor; o Índice de Termos de Troca; e a série de Swap 360 invertida.

Já o Indicador Coincidente Composto da Economia (ICCE), que mede as condições econômicas atuais, recuou 0,2% em janeiro, para 99,6 pontos, interrompendo dois meses anteriores de aumento. Em dezembro, o indicador subiu 0,1% e, em novembro, 0,2%. No ICCE, quatro dos seis componentes contribuíram positivamente em janeiro.